Segundo trimestre fecha com crescimento de custos industriais

Levantamento do CNI apontou crescimento 1,1%

Uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional das Indústrias (CNI), registrou que os custos industriais subiram 1,1%. O Indicador de Custos Industrias, apontou que a alta nos preços de energia e de insumos e o aumento dos salários dos empregados foram os itens que colaboraram para o aumento.

Segundo a CNI, as empresas tiveram um lucro nesse período, devido a alta de 2% nos preços dos manufaturados. Na pesquisa, foram divulgados outros itens como, o índice de capital de giro, que apresentou queda de 3,7% e o custo tributário que ficou 0,6% mais barato.

O aumento do custo de energia em 2,1%, dos bens intermediários em 1,7% e dos custos com pessoal em 1,1%, fez com que o Índice de Custo de Produção aumentasse 1,6%.

Ainda segundo informações da organização, o custo com energia manteve a tendência a alta nos custos industriais, porém a lucratividade do setor foi possível com o aumento registrados nos preços dos produtos, produzidos e vendidos.

(com supervisão de Victor Veloso)

Anexos para downloads:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: