Após manifestar desejo em se casar com uma de suas alunas, professora é indiciada a 5 anos de prisão

O caso, que ocorreu em 2017, foi julgado nessa semana nos Estados Unidos

Um fato que aconteceu em 2017, em uma escola de ensino médio, em Oakbrook, na Califórnia, nos Estados Unidos, foi julgado nessa semana e teve seu veredito final. Trata-se de uma professora que havia manifestado sua vontade de se casar com uma aluna. O problema é que a menina é menor de idade.

A professora que já havia sido indiciada em 2018 por abuso de menor, foi condenada a 5 anos de prisão no julgamento.

O pai da menina foi quem descobriu as investidas da mulher na criança. Ele teve acesso a mensagens trocadas pelo celular. “Eu quero ser a sua mulher”, foi uma das mensagens enviadas pela professora.

Foi descoberto por alguns investigadores, que as duas chegaram a se encontrar a sós na escola durante o recesso do ano letivo. Além de ser condenada, ela teve o nome incluído em uma lista de criminosos sexuais da Califórnia.

 

%d blogueiros gostam disto: