Restos humanos são achados no estômago de jacaré suspeito de devorar homem

Homem pode ter sido engolido vivo por jacaré

Um enorme jacaré, suspeito de atacar e matar um homem no momento em que ele atravessava as enchentes causadas pelo furacão ‘Ida’, foi capturado na segunda-feira (13), de acordo com autoridades no sudeste da Louisiana, nos Estados Unidos. Uma força-tarefa composta por agentes ambientais e caçadores tirou o animal, de 3,6 metros de comprimento, de circulação. Uma vez capturado, descobriu-se que o réptil tinha “o que parecem ser restos humanos” no seu intestino, segundo a polícia local.

Agentes avistaram o jacaré em água próxima ao local onde se acredita que ele tenha atacado “e aparentemente matado” Timothy Satterlee Sênior, de 71 anos, no fim do mês passado, um dia depois que o furacão Ida atingiu a região.

A esposa de Satterlee contou que estava em sua casa quando ouviu uma “confusão” do lado de fora. Ela correu para fora e encontrou um “grande jacaré atacando o marido” e tentou arrancá-lo das garras e das mandíbulas do animal.

Ela o puxou da água para os degraus da frente da casa, onde o deixou ferido e foi pedir ajuda. Quando ela voltou, o marido havia desaparecido.

Um legista está trabalhando para identificar se os restos mortais achados dentro do jacaré eram de Timothy.

Foto: Reprodução

João Doria