Brasil irá produzir vacinas da Pfizer/BioNTech

Esta é a terceira vacina produzida em território brasileiro 

A farmacêutica brasileira Eurofarma poderá fabricar vacinas contra Covid-19 da Pfizer e BioNTech. As empresas anunciaram, nesta quinta-feira (26), que assinaram uma carta de intenção para produção do imunizante. Desta forma, a Eurofarma irá distribuir a vacina no país e na América Latina.

Atualmente, o Brasil produz dois tipos de vacinas, sendo a CoronaVac, da Sinovac, feita em parceria com o Instituo Buntantan (SP), e a AstraZeneca/Oxford fabricada pela FioCruz (RJ).

As empresas explicaram ainda que a farmacêutica brasileira vai receber o produto de instalações nos Estados Unidos (EUA). A previsão é de que as doses produzidas no Brasil estejam prontas no início de 2022. O comunicado ainda destaca que “a produção anual deverá exceder 100 milhões de doses”.

Além disso, as empresas destacaram que a transferência técnica, o desenvolvimento e a instalação de equipamentos iniciarão imediatamente. Segundo a Eurofarma, a produção das vacinas será em São Paulo.

Conforme o Localiza-SUS, 17,5% da população brasileira foi vacinada com o imunizante da Pfizer/BioNTech, ou seja, mais de 30 milhões de pessoas.

 

Boletim Epidemiológico