Bope é acionado em escola de Divinópolis após artefato ser visto em árvore

O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) saiu de Belo Horizonte com destino a Divinópolis, no Centro-Oeste de Minas Gerais, para retirar um artefato misterioso que foi colocado em cima de uma árvore dentro de uma escola da cidade. Como havia suspeita de que o objeto fosse uma bomba, o batalhão de operações especiais precisou ser acionado.

Os alunos da instituição foram todos liberados em função da atuação policial. À Itatiaia, o tenente da PM Rodolfo Andrade Ferreira explicou que policiais militares isolaram o perímetro da Escola Ilídio da Costa Pereira, no Bairro Alvorada, onde aguardam a chegada dos agentes.

“O local foi todo evacuado. A PM limitou o perímetro e isolou o local. A gente está aguardando o BOPE chegar. A previsão é de que ele chegue em meia hora”, disse o tenente.

Quando a equipe chegou ao local, foi organizada uma operação para destruição do artefato. O tenente Rodolfo Andrade Ferreira explicou que, a princípio, o objeto seria uma caixa para captura de abelhas. A situação foi controlada e não houve feridos na ação policial.

As informações são da Itatiaia, associada AMIRT

Foto: Google Street View

%d blogueiros gostam disto: