Reitora pro tempore diz esperar para breve nomeação do gestor definitivo

 

Ana Lúcia Assis Simões, reitora pro tempore da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), em entrevista ao programa JM News 1ª Edição, da Rádio JM 95.5 FM, afirmou que aguarda solução para breve sobre a nomeação definitiva do reitor da instituição.

Ana Lúcia afirmou que foi reconduzida ao cargo pelo Ministério da Educação (MEC) após um pleito conturbado e que permanecerá nele enquanto o (MEC) considerar adequado. “Sou uma servidora do governo e da sociedade e, enquanto o MEC precisar dos meus serviços, eu farei com muita responsabilidade, como sempre fiz”, expressa. Apesar de estar na condição de reitora pro tempore, Ana Lúcia afirma que tem tido muito trabalho e que a atual diretoria, após especulações da nomeação do segundo da lista tríplice, tem trabalhado em dobro. “Após aquele episódio nós estamos trabalhando e trabalhando muito, até por conta dos acontecimentos, tem exigido da equipe que está na gestão muitas análises”, revela.

A reitora está, atualmente, há nove meses no cargo. O mandato eletivo venceu no mês de agosto de 2018. Administrando orçamento de R$360 milhões por ano, Ana Lúcia afirma que os recursos vêm caindo sucessivamente. Em 2014, a dotação orçamentária dos recursos discricionários, que poderão sofrer mais cortes ainda, foi de cerca de R$61 milhões e este ano, R$47 milhões, sem o contingenciamento.

Por: JM Online – Uberaba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: