Novo modelo de placas do Mercosul será obrigatório para carros novos e transferidos

Os atuais proprietários de veículos não serão obrigados a trocar as placas pelo novo modelo adotado no Mercosul, formado por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai 

O novo modelo de placas do Mercosul será obrigatório apenas para carros zero quilômetros e usados com transferência de propriedade. A atual resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) obriga a troca para todos os veículos até o final de 2023.

A versão atualizada das placas do Mercosul, composto por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, terá código bidimensional, emblema do Mercosul, bandeira do Brasil, quatro letras e três números. O novo modelo vai contar com um chip, a fim de facilitar o rastreamento de carros e evitar clonagens.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Na última quarta-feira (25) o presidente do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Maurício Pereira, adiantou a informação que os atuais proprietários de veículos não serão obrigados a aderir o novo modelo de placas. Pereira afirmou ainda que o novo modelo de placas terá preço menor que o atual, que custa hoje entre R$ 150 e R$ 200.

A.W

Anexos para downloads:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: