Justiça condena idoso a cumprir 15 anos de prisão por homicídio em Ipaba

Um homem, de 63 anos, foi condenado a 15 anos de prisão por matar idoso, de 61 anos, em Ipaba, no Vale do Rio Doce. O homicídio ocorreu em agosto do ano passado, mas o julgamento foi realizado nessa quinta-feira (26), um ano após o fato.

 

O Ministério Público informou que o acusado havia brigado com o homem antes de matá-lo. O homicídio ocorreu na porta de um salão de beleza. Após atirar na cabeça do idoso, o autor entregou a arma a um sobrinho adolescente e fugiu para Governador Valadares, na mesma região.

 

Durante as investigações, o réu contou que se confundiu e matou a pessoa errada. Segundo o promotor Jonas Junio Linhares Costa Monteiro, a vítima tinha doenças mentais.

 

“A vítima era um senhor com doenças mentais. Então, ele executa esse senhor, sem dar chances de defesa, depois ele entrega essa arma para um adolescente sobrinho dele e se evadiu”.

 

Sendo assim, o Tribunal do Júri de Ipatinga, também no Rio Doce, condenou o homem a cumprir 15 anos de prisão.

 

“Diante desse fato, o Ministério Público denunciou o autor que foi condenado, no Tribunal do Júri de Ipatinga, a uma pena de 15 anos de reclusão por homicídio qualificado e atacar de surpresa, sem dar chances de defesa, mais pela entrega de uma arma ilegal a um adolescente”.

 

 

amirt notícias

Anexos para downloads: