Cara ou coroa decide casamento de mulher na Índia

Um triângulo amoroso em aldeia de Karnataka, na Índia foi resolvido de uma forma peculiar: através de um cara ou coroa.

Tudo começou quando um homem de 27 anos, morado da aldeia de Sakleshpur, conheceu uma jovem de 20 anos de uma aldeia vizinha e começou a se encontrar com ela com frequência. Há cerca de 6 meses, o homem havia conhecido outra jovem e os dois desenvolveram um relacionamento sério. Entretanto, as duas indianas não tinham consciência de que ele as estava traindo. Providencialmente, um parente do indiano viu o homem com outra namorada e fez a denúncia à família dele.

Quando a família o questionou sobre a vida dupla, o indiano disse que estava apaixonado pela “outra” e gostaria de se casar com ela. A família não concordou com o seu desejo e decidiu marcar o casamento com a primeira namorada o mais rápido possível.

Entretanto, quando as duas jovens se inteiraram de que estavam dividindo o mesmo namorado, um mês atrás, as suas famílias chamaram o chefe político da aldeia. Ele determinou que o nome da futura esposa do indiano seria decidido por um “simples” cara ou coroa.

A moeda de rúpia indicou que ele deveria se casar com a primeira namorada, o que acabou se concretizando.

Foto: Reprodução

Resumão

Anexos para downloads: