Assessoria de Pimentel acusa Anastasia de “propaganda enganosa”

A assessoria do tucano, por sua vez, disse não haver “qualquer propaganda enganosa” e mantém crítica por obra de estrada que ficou paralisada por quatro anos, no Campo das Vertentes


1536757651163
Desde o início da campanha eleitoral, os candidatos tem trocado ataques (Foto: Reprodução)

A assessoria do candidato à reeleição ao governo de Minas, Fernando Pimentel (PT), acusou o senador e também postulante ao Palácio da Liberdade Antonio Anastasia (PSDB) por suposta propaganda enganosa, envolvendo uma obra que liga o distrito de Mercês de Água Limpa, no município de São Tiago, à cidade Nazareno, no Campo das Vertentes.

O texto divulgado diz que “Anastasia mente em sua propaganda”, porque a obra teria sido paralisada em 28 de outubro de 2014, quando, segundo a assessoria, o tucano ainda estava à frente do Executivo estadual. No entanto, em 4 de abril de 2014, Antonio Anastasia deixou o governo para disputar uma vaga ao Senado. Na ocasião, assumiu o vice Alberto Pinto Coelho, filiado ao PP.

O texto ainda provoca o senador, relembrando as últimas eleições à presidência da República, em 2014, vencida pela petista Dilma Roussef. “Isso tudo apenas dois dias após a derrota do candidato do PSDB e padrinho político de Anastasia, Aécio Neves”.

Os ataques ainda foram estendidos. “Anastasia diz que não vai começar nenhuma obra nova se for eleito. Porque não terminou as que começou em seu governo?”

A assessoria do tucano, por sua vez, disse não haver “qualquer propaganda enganosa” e mantém a crítica pela obra da estrada que ficou paralisada por quatro anos. “Antonio Anastasia deixou o governo em abril de 2014. Durante seu governo foi feita a maior parte da obra e os 6 quilômetros restantes não foram concluídos pelo governo atual até hoje, mesmo em quase 4 anos de gestão. Esse é o fato.”

A assessoria de Anastasia alegou ainda que, no vídeo, o tucano apenas afirma que a obra foi iniciada em seu governo, mas não foi tocada durante os últimos quatro anos de gestão de Fernando Pimentel.

G.R

Anexos para downloads:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: