“Oscar do futebol mineiro”, Troféu Guará prestigia melhores esportistas de Minas

Realizada anualmente, a cerimonia consagra os melhores do futebol eleitos pela imprensa mineira

Na noite desta segunda-feira, 29 de janeiro, no Buffet Catharina, no bairro Estoril, em Belo Horizonte, foi realizada 55° edição do Troféu Guará – premiação realizada pela Rádio Itatiaia que contempla os melhores jogadores do ano escolhidos por jornalistas esportivos da imprensa mineira. Além de uma escalação composta por 11 jogadores mais bem votados de cada posição, o Troféu Guará premia ainda em outras categorias, como o jogador revelação, além de técnico e dirigente do ano.

img_7416
55° edição do Troféu Guará homenageou os considerados melhores do futebol mineiro pela imprensa (Foto: Gabriel Rezende/AMIRT)

O evento começou às 19h30 e além da presença dos vencedores, cerca de 700 convidados lotaram o Buffet. Uma homenagem especial foi feita ao ex-diretor de futebol do Cruzeiro e do Atlético Eduardo Maluf, que morreu no ano passado em decorrência de câncer.

Quanto aos premiados, o Cruzeiro foi a equipe mineira que recebeu mais troféus, foram 11 estatuetas levadas pela Raposa. O goleiro Fábio foi um dos vencedores e comentou sobre o sentimento de realização ao conquistar mais um prêmio.

Reconhecimento de um trabalho, da dedicação diária. Agradeço muito a oportunidade de representar essa camisa vitórias que é a do Cruzeiro. Todos fazem parte deste reconhecimento: o preparador de goleiro, Robertinho, os outros do elenco. Todos eles contribuem para que eu possa chegar bem nos jogos”, comentou o goleiro Celeste.

O Atlético teve sete esportistas prestigiados. Entre eles, Otero, que se destacou pela qualidade nos chutes. O jogador atribuiu o seu sucesso ao coletivo da equipe.

Estou bem feliz. Um venezuelano ganhar este prêmio, émuita felicidade. Como eu sempre falo, as coisas não são individuais. O individual melhora quando o coletivo é bom. Final do ano passado o coletivo foi bom, e eu consegui ser o melhor, como quase todo mundo fala. Então, graças aos meus companheiros eu pude ganhar este prêmio”, disse.

Já o América, que foi campeão da serie B, ganhou seis premiações. O zagueiro Messias foi um dos prestigiados e ressaltou a consquista nacional do ano passado. “Sensação maravilhosa. Fico feliz demais. Primeiramente em ter ganho a Série B, e agora duvido com todos meus companheiros este prêmio”, disse.

O técnico Enderson Moreira também foi um dos vencedores e fez projeções para a temporada do Coelho: “Continuar tendo uma grande temporada. Uma temporada equilibrada. Ofensivamente conseguindo fazer gols, e defensivamente tomando o mínimo de gols possíveis dos adversários”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A escalação eleita pela imprensa mineira é: Fábio (goleiro do cruzeiro), Marcos Rocha (ex-lateral do Atlético), Diego Barbosa (ex-lateral do Cruzeiro), os zagueiros do América, Méssias e Rafael Lima; Hudson (ex-volante do cruzeiro), Henrique (volante do cruzeiro); Thiago Neves (meia do Cruzeiro), Otero (meia do Atlético), Arrascaeta (meia do Cruzeiro) e Fred (ex-atacante do Galo e agora centroavante do cruzeiro).

Já os demais premiados foram: Alencar da Silveira Júnior, do América, como dirigente do ano; Murilo, zagueiro do Cruzeiro, como jogador revelação; Igor Júnio Benevenuo, como melhor árbitro do ano; Thiago Neves, meia do cruzeiro, como craque do ano; Edy Carlos, do América como melhor preparador físico do ano e Enderson Moreira como técnico do ano.

Ouça as entrevistas:

Anexos para downloads:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: