Muriaé seguirá na Onda Roxa até o dia 11 de abril

Muriaé seguirá na Onda Roxa até o dia 11 de abril

Muriaé seguirá a determinação do secretário de Saúde de Minas Gerais, Fábio Baccheretti, que informou nesta quarta-feira (31) que o Governo de Minas irá prorrogar a Onda Roxa no Estado até o dia 11 de abril. 13 das 14 macrorregiões mineiras irão seguir na onda mais dura, somente uma região seguirá para a Onda Vermelha, que possui um pouco mais de flexibilização nos serviços.

A decisão foi tomada em reunião do Comitê Extraordinário Covid-19 do governo de Minas Gerais. O objetivo é conter a disseminação de casos de covid-19 no Estado. A única macrorregião que vai para a Onda Vermelha é a Triângulo Norte, que foi a primeira a ser inserida na fase Roxa. 

“Os dados mostram o sucesso da Onda Roxa no Estado. Ela foi determinada há 30 dias na região do Triângulo Norte e os dados obtidos lá nos deixam muito certos do caminho que estamos traçando. Esse é um caminho promissor em relação a pandemia", explicou o secretário.

Ele completa: "Os gráficos mostram que quando há a soma da Onda Roxa, com a ação dos prefeitos e a postura da população, a gente tem um sucesso dos indicadores. A do Triângulo Norte tinha um platô e agora tem indícios claros de queda de infectados e de pessoas internadas em hospitais". 

Para o vice-prefeito e Secretário Municipal de Saúde, Dr. Marcos Guarino, a ação foi necessária, devido aos altos índices de internações. “Infelizmente será necessário prorrogar a Onda Roxa. Nossos hospitais continuam lotados de pacientes com problemas respiratórios e há possibilidade da falta de medicamentos para os próximos dias”, informou Marcos Guarino.

Saiba quais as principais dúvidas que envolvem a Onda Roxa

O que é a onda roxa?

É a fase mais restritiva do programa Minas Consciente, de combate à Covid-19. Na onda roxa, apenas as atividades essenciais podem funcionar e também existem regras que visam reduzir a circulação de pessoas nas ruas.

Muriaé pode optar por não seguir as determinações da onda roxa?

Não. A onda roxa é obrigatória para todas as cidades do estado, inclusive para aquelas que não aderiram ao programa Minas Consciente.

O que pode funcionar na onda roxa?

De forma resumida: os setores de saúde, alimentação, indústria, transportes, construção civil, lavanderia, serviços públicos, imprensa, tecnologia da informação, hotelaria (para residência, hospedagem de trabalhadores de atividades essenciais ou casos de necessidade de isolamento por Covid-19) e celebrações religiosas (somente de forma virtual). A relação completa e detalhada pode ser conferida na Deliberação 130 do Comitê Estadual Covid-19.

E o comércio?

Também pode funcionar, mas com restrições. A entrada de clientes nas lojas não é permitida, mas as vendas podem continuar acontecendo através de retirada na porta (takeaway) ou do serviço de entrega (delivery).

E os restaurantes e as lanchonetes?

Podem funcionar da mesma forma que o comércio, ou seja: com retirada na porta ou delivery. Durante a onda roxa, não é permitido consumir alimentos e bebidas dentro dos estabelecimentos (nem mesmo em padarias), nem colocar mesas para atendimento em ambiente externo.

Qual o horário permitido para funcionamento das atividades?

Postos de combustíveis, farmácias, funerárias, urgência e emergência médica e veterinária, transporte individual de passageiros e alimentação em pontos de parada em rodovias: horário livre;

Demais serviços essenciais: de segunda a sábado, das 5h até as 19h30;

Retirada de produtos no comércio e em restaurantes e lanchonetes: até 19h30;

Delivery de produtos e alimentos: até 22h. Após este horário, somente farmácias podem fazer entregas;

Aos domingos: é permitida a retirada de alimentos em restaurantes, lanchonetes, açougues, hortifrutis e padarias até as 19h30 e o serviço de delivery até as 22h.

E o que não pode funcionar?

Também de forma resumida: barbearias, salões, clínicas de estética, academias, clubes, casas de shows e eventos, escolas, praças, parques, quadras, campos, ginásios, piscinas e saunas, independentemente de estarem em áreas públicas ou em locais particulares. A relação completa das atividades não permitidas durante a Onda Roxa também está na Deliberação 130 do Comitê Estadual Covid-19.

O que é o toque de recolher?

Toque de recolher é a norma instituída pelo Minas Consciente dentro da Onda Roxa que determina que as pessoas não devem circular nas ruas a partir das 20h e até as 5h do dia seguinte.

Quem precisa obedecer ao toque de recolher?

O toque de recolher vale para todas as pessoas, mas existem algumas exceções: trabalhadores das atividades essenciais, entregadores, taxistas / motoristas de aplicativo e pessoas que estiverem a caminho ou retornando de serviços emergenciais de saúde.

Posso reunir meus amigos ou familiares em casa?

Definitivamente não. Durante a onda roxa, é proibida a realização de qualquer tipo de aglomeração entre pessoas que não residam na mesma casa. A regra é obrigatória tanto para ambientes públicos quanto para locais privados e independe do número de participantes. Ou seja: não pode.

Fiquei sabendo sobre a realização de uma festa com aglomeração de pessoas. Como posso denunciar?

As denúncias podem ser feitas pelo 190 (Polícia Militar) ou pelo 136 (Ouvidoria do SUS). Quem for flagrado descumprindo a Onda Roxa fica sujeito a sofrer penalidades de acordo com a legislação em vigor.

 

Fonte : Rádio Itatiaia

Postado originalmente por: Rádio Muriaé

%d blogueiros gostam disto: