Igrejinha da Pampulha se torna Santuário Arquidiocesano

Igreja dedicada a São Francisco de Assis é um dos pontos turísticos da capital mineira

Tradicional cartão postal de Belo Horizonte, a Igrejinha da Pampulha será elevada à Santuário nesta segunda-feira (04), dia dedicado ao padroeiro São Francisco de Assis, protetor dos animais.

A Igrejinha da Pampulha, obra projetada pelo artista Oscar Niemeyer, é reconhecida como Patrimônio Cultural Brasileiro desde 1947 e também integra o Conjunto Arquitetônico da Pampulha, reconhecido como Patrimônio Mundial da Humanidade desde 2016.

O templo possui painéis e pinturas de Cândido Portinari, esculturas de Alfredo Ceschiatti, arte abstrata em pastilhas de Paulo Werneck e conta com o paisagismo no entorno de Roberto Burle Marx.

Logo mais, às 18h, o arcebispo metropolitano de Belo Horizonte e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Walmor Oliveira de Azevedo, presidi a celebração de elevação a Santuário Arquidiocesano São Francisco de Assis.

A Capela Curial São Francisco de Assis está localizada na Avenida Otacílio Negrão de Lima, 3000 – Pampulha, BH/MG.

Confira a programação:

Foto: Iphan-Minas Gerais

Anexos para downloads:

%d blogueiros gostam disto: