Hospital de Januária deverá voltar a realizar cirurgias eletivas

A realização de cirurgias eletivas, com menor complexidade, poderá ser retomada pelo Hospital de Januária, no Norte de Minas, após obtenção de alvará sanitário.

A unidade conseguiu a autorização para reabertura do bloco cirúrgico depois de assinar um Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público. A cidade estima que mil pacientes estejam aguardando o procedimento na fila do Sistema Único de Saúde.

Ao site G1, o secretário de Saúde, Deyvison Dias, afirmou que a realização das cirurgias deverá começar no final deste mês ou início de novembro. O motivo, segundo ele, é a necessidade de estruturar a escala de profissionais e analisar os procedimentos.

Em nota, o MPMG destacou que “o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) foi assinado em 13 de maio deste ano com o objetivo de solucionar uma série de problemas apresentados pelo hospital, como falta de catracas – ou outro método, para garantir a identificação de trabalhadores, pacientes e acompanhantes e ausência de álcool em gel para higienização das mãos em todos os setores da unidade”.

Anexos para downloads:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.