Gramado do Mineirão passa por melhorias em período sem partidas

Tempo frio contribuiu para o pior estado da grama do Gigante da Pampulha

O duelo entre Atlético e Fluminense, no próximo dia 15, pelas quartas de final da Copa do Brasil vai marcar a volta do futebol ao Gigante da Pampulha após uma pausa de 26 dias. Para a partida decisiva, o gramado do Mineirão com valores “dentro do padrão”, segundo Bárbara Freitas, responsável pelo gramado do estádio.

“O gramado do Mineirão apresenta, hoje, uma boa coloração e com dados de performance com valores dentro do padrão. Na parte de tração e compactação no nível adequado e umidade sendo rigorosamente controlada”, disse

O último jogo realizado no Mineirão foi no dia 20 de agosto, quando o Cruzeiro venceu o Confiança por 1 a 0. O período sem jogos, segundo Bárbara Freitas, foi utilizado para execução de atividades técnicas importantes. É o maior período sem jogos do ano de 2021.

Em decorrência da alteração do calendário durante a temporada 2020/21 o gramado do Mineirão não passou pelos cuidados de costume no final de ano. As atividades previstas para esse período, foram realizadas nesse período de pausa.
Em função do inverno, baixas temperaturas e pouco intervalo de tempo para realizada as atividades de revitalização, a grama esteve em péssimo estado nas partidas do meio do ano. Para contornar essa baixa qualidade, foi intensificado o uso de suplementação com luz artificial, adubações líquidas e granuladas, entre outras ações.
Foto: Mineirão/divulgação
vacinados

Anexos para downloads: