Governo de Minas lança programa para seleção de servidores; salário pode chegar a R$ 20 mil

O governo de Minas vai dar início ao projeto “Transforma Minas” na próxima segunda-feira (11). O programa inédito foi criado para o preenchimento de mais de 700 vagas de chefia, direção e superintendências das secretarias e órgãos da administração direta e indireta do Estado. As remunerações variam entre R$ 7 mil e R$ 20 mil.

O novo programa, lançado na última sexta-feira (8/3) pelo secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Otto Levy, é inspirado em modelos do Chile, Austrália e Reino Unido.

Secretário de Planejamento Otto Levy Reis durante lançamento do programa Foto: Renato Cobucci / Imprensa-MG
Secretário de Planejamento Otto Levy Reis durante lançamento do programa
Foto: Renato Cobucci / Imprensa-MG

A expectativa do governador é encontrar profissionais mais qualificados e que poderão dar mais transparências aos trabalhos. “Com o programa Transforma Minas, não só vamos garantir a escolha dos melhores profissionais para postos de liderança e gerência no governo, como vamos dar mais transparência às decisões e desenvolver um modelo diferente de gestão pública, baseado nos resultados e na contínua prestação de contas à sociedade. É a continuidade da realização de uma das nossas plataformas de governo”.

programa é fruto de um Acordo de Cooperação Técnica (ACT) entre o Governo de Minas e a Fundação Lemann
Programa é fruto de um Acordo de Cooperação Técnica (ACT) entre o Governo de Minas e a Fundação Lemann

Podem participar do processo funcionários públicos, profissionais de iniciativa privada ou do terceiro setor que preenchem os pré-requisitos e as competências exigidas em cada função.

Os processos de seleção serão feitos por quatro empresas de consultoria e de modo variados, de acordo com cada vaga. Entre alguns dos processos, além de análise curricular serão realizadas entrevista por competências, entrevista com especialistas e teste de perfil.

Ao todo, são 565 cargos de direção na administração direta e 200 em autarquias e fundações. Inicialmente a seleção vai contar com 300 cargos na administração direta. Atualmente os cargos são ocupados por pessoas indicadas durante gestão do ex-governador Fernando Pimentel (PT), ou pelo atual governador.

Mais informações sobre o programa podem ser conferidas no site do programa, a partir da próxima segunda-feira (11).

Por: Victor Veloso 

Anexos para downloads:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: