Caminhoneiros mineiros podem parar a partir desta segunda-feira (19)

O Sinditaque-MG, sindicato responsável pelos caminhoneiros mineiros, anunciou nesse domingo (18), estado de greve devido ao reajuste na tabela do frete.

Os transportadores de combustíveis e derivados de petróleo podem parar a qualquer momento, sendo assim a greve vai gerar um desabastecimento de postos e aeroportos de todo o país.

De acordo com o presidente do sindicato, Irani Gomes, a principal reivindicação da greve é o reajuste na tabela do frete, regida pela Política Nacional de Pisos Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas decretada neste mês.

Ainda conforme Irani, a expectativa é de que a Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) marque uma reunião com a categoria ainda nesta segunda-feira (19).

Porém, se não houver a reunião cerca de mil transportadores sindicalizados podem paralisar suas atividades.

Vale lembrar que o Sindicato das Empresas Transportadoras de Combustíveis e Derivados de Petróleo (Sinditaque-MG) é o segundo maior do país.

Além disso, o Sinditaque é responsável pelo abastecimento integral do aeroporto de Confins. Os transportadores mineiros ainda atendem 30% das necessidades do aeroporto de Brasília.

(com supervisão de Patrícia Marques)

Anexos para downloads:

Gabrielle Junqueira

Jornalista com experiência em produção de conteúdo para rádio, televisão, revista, portal de notícias e podcasts.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: