Bolsonaro retoma agenda nesta quarta; reunião ministerial fica para 14 de março

O presidente Jair Bolsonaro retoma as atividades a partir das 14h desta quarta-feira (6). Por causa do feriadão de carnaval, a reunião com os ministros do governo, que tem sido realizada toda semana, ficou para o dia 14 de março.

 

Nessa terça-feira (5), Bolsonaro se reuniu com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, no Palácio da Alvorada. Entre os assuntos tratados, estava a reforma da Previdência.

 

Às vésperas da instalação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, o governo federal se prepara para intensificar as negociações para aprovação do texto da reforma, enviado ao Congresso Nacional no último dia 20.

Pelo Twitter, o presidente voltou a defender que o Congresso aprove tratamento diferenciado a policiais e agentes de segurança pública que precisarem matar em serviço. Segundo Bolsonaro, é preciso resgatar a paz diante do terror que vivemos em todo Brasil.

 

Ele também usou as redes sociais para comemorar o saldo positivo de mais de R$ 30 bilhões nas contas do governo federal em janeiro. E falou sobre a importância do leilão da ferrovia Norte-Sul, uma das ações previstas para os primeiros 100 dias de governo.

De acordo com Bolsonaro, o valor mínimo do leilão será de mais de R$ 1 bilhão, com investimentos previstos em quase R$ 3 bilhões. A ideia é conceder 1.537 km da ferrovia, entre São Paulo e Tocantins. A estimativa é que, ao final da concessão, passem pelo trecho ferroviário quase 23 milhões de toneladas de cargas.

Por: Rádio EBC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: