AMM nos municípios: fortalecimento do turismo local vai impulsionar retomada econômica

Na manhã desta sexta (20), de frente para o lago de Furnas, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e servidores públicos da região sul do estado participaram da abertura da primeira edição do AMM nos Municípios – AMM e Sebrae juntos pelo desenvolvimento das cidades, em Boa Esperança, no sul de Minas Gerais. Mais de 100 municípios estavam representados na cerimônia, quando a sede da AMM foi transferida, simbolicamente, para o município anfitrião. O tema central do encontro foi a retomada econômica por meio do fortalecimento do turismo local dos municípios.  Esta é a primeira das dez macrorregiões de Minas que receberão o evento.

“Para mim, é uma honra enorme receber este grande número de prefeitos, prefeitas, vereadores e agentes políticos em Boa Esperança para o primeiro dessa série de grandes eventos que a AMM e o Sebrae vão promover. Isso nos engrandece e engrandece a nossa cidade. Precisamos interagir, trocar experiências e nos juntarmos em prol da causa municipalista”, destacou o prefeito anfitrião e 2ª tesoureiro da AMM, Hideraldo Henrique Silva.

O presidente da AMM e vice-presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Julvan Lacerda, ressaltou que o momento pede a união dos prefeitos para a retomada econômica pós-pandemia, e a parceria da AMM com o Sebrae vem para auxiliar os gestores nessa empreitada. “Usem a AMM, usem o Sebrae, para que a gente possa corresponder ao voto de confiança que a população nos deu e trabalhar para melhorar a gestão pública em prol dos cidadãos”.

Julvan destacou ainda a atuação do movimento municipalista nacional, encabeçado pela CNM, é importante para que os municípios consigam mais recursos e, a partir da luta municipalista, seja corrigida essa distorção do pacto federativo, que favorece a União e os estados em detrimento dos municípios.

Em sua fala, o diretor técnico do Sebrae Minas, João Cruz, ressaltou que o reconhecimento e importância da parceria com a Associação Mineira de Municípios é porque são os prefeitos e prefeitas que têm a condição de facilitar a vida do pequeno negocio. “Este programa Desenvolve Minas Gerais foi concebido antes mesmo da pandemia, mas ele está atual. Cabe a vocês serem indutores do desenvolvimento das empresas, para que elas possam abrigar as pessoas querendo trabalhar. E, para isso, temos que desenvolver a governança do território. O momento agora, com a vacinação avançando, é o momento da retomada do desenvolvimento econômico. E nossa parceria vem ao encontro disso”, disse Cruz.

Acesse o site da Associação Mineira dos Municípios e leia a notícia completa.