UAI de Montes Claros guarda mais de cinco mil documentos esquecidos por donos

O Certificado de Registro e Licenciatura de Veículo (CRLV) lidera a lista dos documentos 

A Unidade de Atendimento Integrado (UAI) de Montes Claros, no Norte de Minas, guarda mais de cinco mil documentos que foram esquecidos pelos donos, alguns há mais de oito anos. O líder da lista é o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), com 2.236 unidades deixadas no local.

A supervisora da unidade, Ayeska Almeida, explicou que os documentos não podem ser destruídos e, por isso, ficam armazenados por tempo indeterminado. O passaporte é a única exceção, se o responsável não buscar dentro do prazo de 90 dias, o documento é encaminhado pela Polícia Federal e destruído.

Para retirar os documentos, é necessário fazer o agendamento no site do Governo de Minas Gerais. O cidadão que estiver documentos pendentes na UAI não paga nenhuma taxa ou multa, mas gera um custo para o estado e pode prejudicar o atendimento de outras pessoas, caso os responsáveis solicitarem segunda via.

Danilo Ferraz, delegado de trânsito da cidade, contou que um dos principais motivos para o abandono dos documentos é a falta de atualização do endereço residencial. Segundo ele, as correspondências que os Correios não conseguem entregar são encaminhadas à UAI, causando a superlotação.

Foto: Pexels

Anexos para downloads:

%d blogueiros gostam disto: