Suspeito de torturar adolescente que bateu na avó é detido

Adolescente de 17 anos foi agredida com pauladas e pedradas pelos seis homens

Cerca de um mês após a denúncia, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) mantém investigações contra seis homens suspeitos de espancar e torturar uma adolescente de 17 anos no município de Teófilo Otoni no Vale do Mucuri. O crime aconteceu em agosto, e nessa segunda-feira (14) um dos suspeitos de participar das agressões contra a garota acabou detido na cidade. Uma semana antes, um outro suspeito também havia sido detido. Além deles, está apreendido também um adolescente com envolvimento na sessão de tortura. De acordo com a polícia, seis homens são os responsáveis pelas agressões contra a garota, sendo três deles menores de idade.

O crime ganhou repercussão na cidade depois que circularam vídeos nas redes sociais nos quais a garota aparece sendo agredida com pauladas e pedradas. Entre os suspeitos de participação nas agressões estão, inclusive, o ex-namorado da adolescente e um primo dela. Eles são, segundo a polícia, envolvidos com o tráfico de drogas e teriam espancado a jovem para se vingar de uma agressão cometida por ela contra a própria avó. Alguns dias antes do crime, segundo informações, a adolescente teria discutido com a avó de 91 anos e a empurrado. A mulher acabou caindo e fraturando a bacia.

O delegado César Cândido, à frente da investigação, declarou que os suspeitos precisam ser detidos pelo crime de justiçamento cometido contra adolescente. “Seria, portanto, uma tentativa de fazer justiça com as próprias mãos, fato que não podemos tolerar”, reforçou nessa segunda. Dezesseis policiais civis participaram da prisão do suspeito detido. Outros três participantes da sessão de tortura ainda são procurados.

O Tempo

Postado originalmente por: Portal V9 – Vitoriosa

Pesquisar