Senador Carlos Viana pede indiciamento de 14 funcionários da Vale e outras três empresas

O senador é relator da CPI de Brumadinho

Ao apresentar o parecer final da CPI criada no Senado para investigar o rompimento da barragem da Mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho, na região Metropolitana, o senador Carlos Viana (PSD), solicitou o indiciamento de 14 funcionários da Vale e da TÜV SÜD, além do indiciamento das próprias empresas. O parecer final foi lido nesta terça-feira (2).

Os membros que integram a CPI podem votar ainda hoje o relatório do senador, que em caso de aprovação, poderá ser encaminhado ao Ministério Público, para que se inicie uma avaliação para a possibilidade de levar os investigados à Justiça.

Entre os investigados está o presidente, afastado desde março, Fábio Schvartsman, e alguns funcionários que eram responsáveis pelos procedimentos de segurança e estabilidade da barragem. Alguns desses funcionários já haviam sido presos, porém foram liberados.

A TÜV SÜD foi contratada pela Vale, para fazer auditoria nas barragens e passou a ser investigada a partir do momento em que emitiram laudo atestando a estabilidade da estrutura do depósito de rejeitos de mineração.

(com supervisão de Victor Veloso)

Anexos para downloads:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: