Rascunhos da Vida: Abatido, mas não destruído

Nem sempre a depressão é sintoma de fraqueza espiritual, mas é uma perturbação da alma, uma dor incontrolável que é difícil de se explicar.

Salmo 6

Doenças físicas, psíquicas e espirituais pode consumir uma pessoa internamente. Algumas vezes alguém doente fisicamente pode desenvolver doenças emocionais e espirituais também.

A tristeza e a depressão são um grande problema que vivenciamos hoje em dia. Existem milhares de homens, mulheres, adultos e crianças sofrendo quadros depressivos.

Retirado do site: https://pt.freeimages.com/photo/despair-1436325

Isso não é falta de fé. Não é falta de Deus. Muito menos ocasionado por pecado. É algo inexplicável que aflige a alma, prejudica o corpo e afeta o espírito.

Cada caso é particular. Cada caso tem suas peculiaridades. Mas existe um caminho para tentar solucionar esse problema.

Vou tentar lhe ajudar (caso seja o seu caso). Primeiro não pense que isso só acontece com você. Muitos outros podem estar na mesma situação de desespero.

Não tenha “peninha” de você. Identifique a fonte da dor e combata da melhor maneira.

Não permita que uma dor se torne excessiva. Não viva para a dor, mas fortaleça seu espírito para enfrentá-la.

Não procure na Internet algo para lhe ajudar, para o Google toda dor de cabeça é “depressão, enxaqueca, ou aneurisma”. Talvez o resultado derrube mais você do que lhe fortaleça.

Não viva falando ou trazendo a memória sua dor e sofrimento. Não sei quanto a você, mas quando estou com raiva de alguém eu preciso parar de falar pois a ira se intensifica. O mesmo acontece com a dor, quanto mais vivemos ela, mais intensa ela se torna.

Lute contra sua aflição, não aceite a tristeza como interminável e nem viva queixoso.

Acima de tudo confie no Senhor e busque as soluções que Deus permitiu o homem desenvolver.

Pense nisso, o Senhor lhe tem em alta conta. Você é precioso para Ele, e Ele lhe quer muito bem.

Um grande abraço.
Nos eternos e fraternos laços do amor de Cristo.

Rodrigo Fonseca Andrade
Um servo que mesmo abatido nunca está destruído.

O post Rascunhos da Vida: Abatido, mas não destruído apareceu primeiro em Portal MPA.

Postado originalmente por: Portal MPA

%d blogueiros gostam disto: