Projeto de Lei que permite cessão de programação de rádio e TV para produção independente é aprovado no Senado

Projeto segue para a sanção do presidente Jair Bolsonaro

O Senado Federal aprovou nesta terça-feira (21), o projeto de lei que permite rádios e canais de TV a cederem o tempo integral de suas programações para exibição de programas produzidos de forma independente. A matéria teve origem na Câmara dos Deputados e, como não houve mudanças, segue agora para sanção presidencial.

De acordo com o texto aprovado no Congresso Nacional, o projeto prevê que, mesmo com cessão total de programação, ela deve ter finalidades educativas e culturais. Atualmente, a emissora pode ceder apenas 25% de sua programação, o que agora vira um limite para a publicidade.

O projeto estabelece ainda que as emissoras vão ser responsabilizadas por eventuais irregularidades na programação, além de vedar às concessionárias e permissionárias transferir, comercializar e ceder a gestão total ou parcial da execução do serviço de radiodifusão.

A cessão de espaço para igrejas já foi questionada pela Justiça, com a Justiça Federal chegando a condenar duas emissoras de TV aberta a reduzirem o período total comercializado de sua grade para 25% do tempo diário, inclusive os espaços comercializados a entidades religiosas ou sem fins lucrativos. O projeto aprovado pelo Senado com essa limitação.

As informações são do Tudo Rádio.

Foto: Pixabay

Gabrielle Junqueira

Jornalista com experiência em produção de conteúdo para rádio, televisão, revista, portal de notícias e podcasts.

%d blogueiros gostam disto: