Preso, investigador foge, mata três e tira própria vida

investigador

Um investigador da Polícia Civil, identificado como Paulo José de Oliveira, de 40 anos, matou três mulheres na madrugada desta terça-feira (15), em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O investigador conseguiu fugir da Casa de Custódia horas antes de cometer o homicídio.

De acordo com o companheiro de Luciana Carolina Petronilho, uma das vítimas, o policial chegou ao local, arrombou o portão e pediu que ele e a filha mais velha saíssem. Foi aí que o investigador atirou contra Luciana e as filhas de 18 e 15 anos.

Logo após atirar contra as vítimas, o policial atirou contra a própria cabeça. Ele chegou a ser socorrido, porém não resistiu e morreu.

O policial estava preso desde o ano passado, quando foi acusado de estuprar uma das filhas de Luciana. Ele foi condenado nesta semana, por isso existe a suspeita de que a motivação do crime seja por vingança.

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que um procedimento administrativo foi aberto para apurar a fuga e uma possível responsabilidade da Casa de Custódia.

Anexos para downloads:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: