Preço do leite sobe 44% em 2018 e atinge valor recorde, na esteira da greve dos caminhoneiros

O preço do leite atingiu valor recorde para os meses de julho e teve alta real de 14% no campo, em relação a junho. A alta neste ano já atinge 44%. Os dados são do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada). GREVEO aumento dos preços ocorre por causa da soma de vários fatores: greve dos caminhoneiros, pastagens ruins e queda nos estoques das indústrias. Com a greve, e sem coleta, os produtores se desfizeram do leite, desfalcando o abastecimento das indústrias. CAROPara repor estoques, as indústrias disputaram a produção de junho, pagando mais caro. Para complicar, em algumas regiões, como o Sul do Brasil, a ausência de chuva retardou a melhora das pastagens, segundo o Cepea. PRESSÃOA previsão é de que a pressão nos preços continue, se a oferta for limitada também em agosto. De acordo com a Fipe, o preço médio do leite longa vida, o mais usado pela população, já subiu 57% neste ano, na cidade de São Paulo, por exemplo.

Postado originalmente por: 93 FM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: