Polícias Civil e Militar deflagram operação Pacificação em Januária

Nessa sexta-feira (29/4), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em parceria com a Polícia Militar, deflagrou a operação Pacificação, visando ao cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão em Januária, região Norte do estado. A ação teve como foco o combate a crimes dolosos contra a vida e ao tráfico de drogas.

Durante a operação, dois suspeitos foram presos em decorrência de ordem judicial, e um terceiro em flagrante por tráfico de drogas. Um quarto indivíduo foi conduzido à delegacia pelo crime de receptação. Todos os suspeitos são do sexo masculino e possuem idades entre 18 e 30 anos.

No curso da ação, também foram cumpridos 18 mandados de busca e apreensão, sendo arrecadados entorpecentes, munições e produtos destinados à fabricação de drogas sintéticas.

Trabalho investigativo

De acordo com o delegado que coordenou a operação, William Araújo, as investigações iniciaram há cerca de três meses. Nesse período, a PCMG apurou intensos conflitos entre grupos que disputavam o controle do tráfico de entorpecentes na região. Esse confronto resultou em um homicídio consumado e outros dois tentados.

“As pessoas envolvidas nesses crimes se intitulam como facções rivais e pleiteiam o controle sobre a venda de drogas em Januária. Elas são atuantes nos bairros São Domingos, Vila Margarete e Vila Verde”, conta o delegado.

Os três suspeitos, presos em virtude de mandados e por tráfico de drogas, permanecem à disposição da Justiça. As investigações continuam.

As informações são da PCMG.

Gabrielle Junqueira

Jornalista com experiência em produção de conteúdo para rádio, televisão, revista, portal de notícias e podcasts.

%d blogueiros gostam disto: