Polícia ouve mais de 40 pessoas vítimas de golpistas que prometiam emprego em Igarapé

Na última quinta-feira (15) a polícia de Igarapé, na região Metropolitana de Belo Horizonte, ouviu mais de 40 pessoas que foram vítimas de uma quadrilha que prometia empregos na cidade.

De acordo com informações das vítimas, eles eram induzidos a fazer a compra de cursos preparatórios para terem acesso a uma oportunidade de emprego.

A investigação da polícia só teve início após a corporação receber a informação de que uma quadrilha estava enganando pessoas que estavam à procura de uma oportunidade de trabalho.

Nas redes sociais, os golpistas utilizavam o nome de empresas famosas para atrair os desempregados.

Até o momento, a PM já prendeu dois homens e uma mulher na última sexta-feira, dia 19. Um dos presos seria o chefe da organização. A polícia ainda segue investigando outras sete pessoas que também podem ter participação no esquema.

Por: Victor Veloso

(Com revisão de Patrícia Marques)

Anexos para downloads:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: