PCMG indicia homem por por extorsão e difamação em meio cibernético

Em Capelinha, Vale do Jequitinhonha, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu, nesta sexta-feira (6/5), o inquérito instaurado para apurar a prática de extorsão e difamação por meio cibernético, ocorridos em agosto de 2021. Em razão dessa investigação, um homem, de 20 anos, foi indiciado pelos crimes.

Conforme apurado, o investigado teria conhecimento de informações pessoais da vítima, ameaçando-a ao exigir valor indevido para não divulgá-las. Receosa de ter a vida exposta, a vítima transferiu o valor exigido. Apesar do pagamento, as informações da vítima foram amplamente divulgadas no perfil do suspeito em redes sociais.

Crimes reiterados

Os levantamentos realizados irão auxiliar na conclusão de investigações envolvendo a exposição de outras vítimas no perfil do suspeito em redes sociais, tendo em vista que existem procedimentos para a apuração de delitos contra a honra de pessoas cometidos por ele.

Por meio do trabalho investigativo, a PCMG verificou que o suspeito mantém um perfil em rede social, atualmente com mais de 20 mil seguidores, e um segundo perfil como reserva, a fim de dar continuidade à prática delituosa em eventual suspensão ou exclusão da conta, devido à atuação contrária aos termos de uso daquela plataforma virtual.

As informações são da Polícia Civil de Minas Gerais

Foto: PCMG

%d blogueiros gostam disto: