Parcelamento de salário causa greve em Divinópolis

Os professores da rede municipal de ensino de Divinópolis estão em estado de greve devido ao parcelamento de salário da categoria e até a próxima quinta-feira (8) trabalham em regime de ‘Operação Tartaruga’ , reduzindo pela metade a carga horária.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores da Educação Municipal do Município de Divinópolis (Sintemmd), o movimento pretende pressionar a Prefeitura a regularizar pagamentos para a categoria que teve o parcelamento anunciado no início de outubro. O salário foi parcelado em duas vezes para funcionários do setor que recebem acima de R$ 1,8 mil.

Na última quinta-feira (2), o município estendeu o parcelamento a todos os servidores da Prefeitura, o que pode estender a greve para todos os setores. De acordo com o Executivo, até o 5º dia útil de novembro, os pagamentos serão limitados a R$ 1 mil. Acima desse valor, a quitação ficará pendente, sem data para o pagamento.

Segundo o Sintemmd, o estado de greve é válido por 120 dias. Pela manhã, as aulas serão das 7h às 10h. À tarde, de 13h as 16h. As aulas do turno da noite serão das 18h às 20h, segundo o sindicato. A greve pode ser deflagrada por tempo indeterminado á partir de sexta-feira.

O post Parcelamento de salário causa greve em Divinópolis apareceu primeiro em Rádio Sucesso FM.

Postado originalmente por: Sucesso FM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: