Palácio da Liberdade passa a ter visita virtual

Material audiovisual traz referências históricas do uso da Praça da Liberdade e entorno

Como parte das atividades de reabertura do Palácio da Liberdade ao público, o Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG), em parceria com a  Appa – Arte e Cultura, acaba de disponibilizar produção audiovisual que percorre o patrimônio cultural, e integra o Circuito Liberdade.

O vídeo é um convite a um tour virtual pelo espaço, a partir da perspectiva histórica da construção da cidade de Belo Horizonte e da região da Praça da Liberdade.

O conteúdo está disponível nos canais do Iepha-MG e da Appa no Youtube. É um documento multimídia, de livre acesso e, a partir desse momento, integra o programa receptivo e educativo do Palácio da Liberdade.

O material pode se tornar, também, instrumento pedagógico para os professores, para abordagem de temas como a construção da capital, arquitetura e urbanismo e a história da república em  Minas Gerais.

História    

A última parte do vídeo é dedicada a um tour virtual pelo Palácio da Liberdade,  seguindo a mesma rota da visitação presencial. A produção democratiza o acesso ao equipamento, “fazendo com que mais pessoas se sintam pertencentes ao nosso patrimônio histórico e possam visitar o espaço presencialmente”, explica Luis Molinari Mundim, diretor de Promoção do Iepha/MG.

Mundim complementa, dizendo que “contar a história do Palácio da Liberdade por meio de um vídeo é muito importante, pois possibilita o acesso a informações do bem cultural a um número maior de pessoas, que por ventura não podem realizar a visita presencialmente. Também irá funcionar como um material para ações de educação, possibilitando seu uso por educadores e professores dentro e fora da sala de aula”.

Agenda

O Palácio da Liberdade reabriu suas portas para visitações em outubro deste ano, e já movimenta o turismo na capital mineira. No primeiro mês, foram disponibilizados 720 ingressos para o passeio interior e nos jardins.

A visita é gratuita e pode ser realizada aos sábados e domingos, nos horários de: 10h, 11h, 13h, 14h e 15h.

A entrada é limitada e, para a visitação, é necessário retirar ingressos disponibilizados sempre às quintas e sextas-feiras, pelo sympla.com.br/appa.

Acesse o vídeo neste link.

As informações são da Agência Minas Gerais.

Foto: divulgação/Izabel Chumbinho

Gabrielle Junqueira

Jornalista com experiência em produção de conteúdo para rádio, televisão, revista, portal de notícias e podcasts.

%d blogueiros gostam disto: