Mulher descobre que “pedra nos rins”, na verdade, era um bebê

Mesmo com sintomas, Ally não acreditou na hipótese de estar grávida


Ally e seu filho após um ano (Foto: Reprodução Facebook)
Ally e seu filho após um ano (Foto: Reprodução Facebook)

São inúmeros os sintomas da gravidez. Mas, no caso da americana Ally Opfer, 23 anos, foi um pouco diferente. Apesar da falta da menstruação, ela não acreditou que estava grávida.

Segundo Ally, sua menstruação era irregular e o ganho de peso não foi associado a chegada de um bebê, devido a vida sedentária e ao descontrole alimentar. Mas, com o passar dos dias, ela resolveu fazer um teste de gravidez, já que havia praticado ato sexual sem se prevenir, porém deu negativo.

Após algum tempo, Ally começou a passar muito mal e a sentir fortes dores na barriga. De início, seu médico achou que ela estava com pedras nos rins, mas, após um ultrassom, descobriu que não havia nenhuma pedra ali e sim um bebê prestes a nascer.

De acordo com Ally, ela ficou em trabalho de parto por 40 horas, antes de descobrirem que ela estava grávida. Devido à emergência, ela teve de ser encaminhada logo, pois sua pressão sanguínea estava alta, ou seja, ela tinha pré-eclâmpsia.

Os médicos tiveram que fazer uma cesariana. A cirurgia durou em média 30 minutos.

Hoje, Oliver, que já tem um ano, segue ao lado de Ally, que se adapta a “vida de mamãe”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: