Motorista de aplicativo morre após tentativa de assalto

Um homem de 21 anos, prestador de serviços de motorista por meio de aplicativo, foi assassinado com um tiro na cabeça durante uma tentativa de assalto na noite desta sexta-feira (8), em Juiz de Fora. De acordo com informações da Polícia Militar, a partir do depoimento de um dos sobreviventes, o crime foi cometido por dois homens, na Rua Todos os Santos, no Bairro Cesário Alvim, Zona Sudeste, que tentaram assaltar o condutor enquanto ele transportava dois passageiros, pai e filho, de 29 e 7 anos, respectivamente. Ambos não tiveram ferimentos graves.

Ainda de acordo com a PM, o usuário do aplicativo contou em seu depoimento que o crime aconteceu por volta das 23h40. Ele solicitou o serviço e embarcou com seu filho no veículo, um Volkswagen Gol, seguindo pela Rua Rosalina Praxedes de Albuquerque. Ao acessar a rotatória para a Rua Todos os Santos, dois homens, pelo menos um deles armado, saíram de um matagal próximo e anunciaram o assalto. Como o motorista não parou o veículo, um dos criminosos efetuou o disparo que atingiu a cabeça do condutor, que perdeu o controle do veículo, ocasionando no capotamento do Gol.

Edson Fernandes Carvalho teve a morte por perfuração na cabeça confirmada ao chegar no HPS. Os passageiros tiveram escoriações leves. Os autores do crime ainda não foram identificados e localizados.

A Tribuna tentou contato com a empresa de aplicativo, mas ainda não obteve retorno.

Revolta e manifestação

O presidente da Associação de Motoristas de Aplicativos de Juiz de Fora (Amoaplic/JF), Júlio Cesar Peixe, deu mais informações sobre a vítima em entrevista, na manhã deste sábado, ao jornalista Marcelo Juliane, da Rádio CBN Juiz de Fora. Segundo Júlio Cesar, a vítima trabalhava há cerca de um ano como motorista do aplicativo e cursava faculdade de administração. Ele seria solteiro e filho único.

Ele anunciou, ainda, uma manifestação em protesto contra o crime a partir das 14h, que vai reunir os motoristas do aplicativo em frente ao prédio da Justiça Federal, ao lado de Terreirão do Samba. Os condutores deverão seguir em carreata, passando pelo local do crime, e chegando até o cemitério do Bairro Grama, onde acontecerá o sepultamento do rapaz.

“Nosso objetivo é fazer um pedido de justiça. Queremos que esse bandido seja preso, para que (crime como esse) não se torne algo corriqueiro, como nas grandes cidades”, afirmou. “Não aceitamos isso. Vamos fazer manifestações no Centro da cidade até prenderem esse cara.”

O post Motorista de aplicativo morre após tentativa de assalto apareceu primeiro em Tribuna de Minas.

Postado originalmente por: Tribuna de Minas – Juiz de Fora

%d blogueiros gostam disto: