Ministério Público denuncia investigador de polícia em Santana do Paraíso

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da 11ª Promotoria de Justiça de Ipatinga, denunciou um investigador de Santana do Paraíso, município da comarca, onde o policial ocupa também o cargo de vereador.

O promotor de Justiça Jonas Júnio Linhares Costa Monteiro denunciou o investigador pelos crimes de difamação, injúria e ameaça, baseado em relatório elaborado pela Polícia Civil de Ipatinga, que indiciou o investigador por meio do Núcleo Correcional do 12º Departamento de Polícia.

Conforme apurado nas investigações realizadas pela Polícia Civil, em março e abril deste ano, após não participar de uma operação policial, o investigador passou a ameaçar e a ofender moralmente, pelas redes sociais, um inspetor, um investigador e dois delegados, um deles prefeito de Santana do Paraíso. As mensagens, pelo WhatsApp, ganharam repercussão na cidade no início do ano.

Não satisfeito, também pelas redes sociais, ele passou a xingar e a atribuir práticas criminosas a um outro investigador e ao inspetor do Núcleo Correcional.

Conforme a denúncia, durante as investigações, o policial tentou fugir levando computadores e outras mídias e só não conseguiu por ter se envolvido em um acidente de trânsito.

O relatório da Polícia Civil e a denúncia do Ministério Público apontam que o investigador buscava participar de uma operação policial com repercussão na região, visando angariar dividendos políticos em redes sociais, mas, por não ter sido autorizado, passou a ofender seus superiores e colegas.

As informações são do MPMG

%d blogueiros gostam disto: