Mandetta muda o discurso e apoia o uso de medicamentos em testes

O Ministro da Saúde em entrevista coletiva diária sobre o coronavírus mudou o conceito sobre medicamentos em testes para o tratamento de covid-19. Até então ele avaliava que as interações medicamentosas deixava uma situação de não recomentar o uso destes medicamentos. Após toda discussão no Palácio do Planalto ele jogou a bola para os médicos. “A caneta e o CRM do médico. Ele decide e o Ministério da Saúde não vai reter a receita de ninguém”, disse.

Mandetta anunciou ainda a construção de um hospital de campanha em Goiás para 200 leitos. Falou sobre as compras de respiradores será entregue e procura outras possibilidades no mercado interno e externo. Já os testes ele ressaltou já ter distribuído para os estados, tanto os laboratoriais e testes rápidos.

Ao contrário do presidente da república, o ministro da saúde falou não gostar de redes sociais e tem uma equipe para fazer o institucional. Reclamou das fake news e sobre os ataques a pessoa dele diz não se incomodar. “Isso deixo para a justiça divina”, disse.

Sobre a utilização de máscaras profissionais (N95) ele falou que deve ser de uso interno do hospitais e ainda está com dificuldades de aquisição junto a China. 

Com relação ao isolamento social o ministro também falou de uma flexibilização. “Tem cidades que não tem nenhum caso e estão fechadas”, disse.

 

O post Mandetta muda o discurso e apoia o uso de medicamentos em testes apareceu primeiro em Portal MPA.

Postado originalmente por: Portal MPA

%d blogueiros gostam disto: