Jair Bolsonaro nomeia deputado Onyx Lorenzoni (DEM) como ministro extraordinário e coordenará equipe de transição.

Decisão foi anunciada pelo presidente eleito na última semana

 

O Deputado Federal Onyx Lorenzoni do DEM, foi nomeado como ministro Extraordinário e irá coordenar o processo de transição do governo Temer para o governo de Jair Bolsonaro (PSL).

Já confirmado para assumir a Casa Civil, Lorenzoni (64), é evangélico da igreja Luterana, empresário, médico veterinário e está em seu quinto mandato como deputado federal. Aliado do presidente eleito Jair Bolsonaro, ele foi eleito pelo Rio Grande do Sul, com mais de 180 mil votos. Lorenzoni ainda foi o relator da PL 4850 / 2016, que estabelece dez medidas contra a corrupção e ainda faz parte da Frente Parlamentar da Segurança Pública.

Após a apresentação da equipe de transição, hoje composta por 22 técnicos, ficou definido que as reuniões entre as equipes do presidente Michel Temer e de Jair Bolsonaro que desembarca em Brasília no próximo dia 06, em sua primeira viagem à capital federal após o pleito do dia 28 de outubro, acontecerão diariamente. Os encontros serão feitos no Centro Cultural Banco do Brasil, (CCBB) em Brasília, o local é próximo a Esplanada dos Ministérios e Planalto Central.

Vale ressaltar que além de Lorenzoni, já foram definidos outros quatro nomes para ocupar ministérios, são eles: O economista Paulo Guedes, para o superministério da Economia, o Juiz Sérgio Moro, para o Ministério da Justiça, o general Augusto Heleno, para o ministério da Defesa e o astronauta Marcos Pontes (único brasileiro a ir ao espaço) para o ministério da Ciência e Tecnologia.

 

 

E.B

Anexos para downloads:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: