Idosos eram amarrados, dopados e maltratados em obra social de Divinópolis

Após a divulgação do Sistema MPA de Comunicação, das irregularidades encontradas pela Vigilância Sanitária, nas Obras Sociais São Vicente de Paulo (Vila Vicentina), em Divinópolis, sendo: medicamentos vencidos, o não condicionamento de material, a questão de higienização, número de profissionais menor do que o número de idosos existentes na Vila Vicentina, outras denúncias surgiram após a divulgação da reportagem.

Informações de populares dão conta que “é preciso auditar a instituição, e principalmente avaliar as condições que os idosos vem sendo mantidos”. Em outra afirmação, um morador de Divinópolis confirmou “que os idosos estão em situações precárias não por falta de recursos, mas pela má administração dos mesmos. Sem falar na falta de diálogo e transparência”.

Outra moradora relatou que “o que acontecia na Vila Vicentina era uma coisa monstruosa. Foram encontrados remédios vencidos, idosos amarrados, dopados, maltratados”. E outra moradora acrescentou dizendo que os idosos estão isolados e a desculpa é por causa da pandemia. Espero que aquelas freiras nunca mais voltem lá e que a Justiça seja feita”.

Leia a notícia completa no portal MPA, associado AMIRT

 

%d blogueiros gostam disto: