Homem que invadiu Capitólio fantasiado se nega a comer em prisão: ‘falta comida orgânica’

A Juíza pediu que os Marshalls disponibilizem uma dieta adequada às necessidades de Angell

O intitulado ‘Xamã’, de 33 anos, que foi preso após invadir a sede do Governo Nacional dos EUA, na capital Washington, na última semana, se recusa a se alimentar das comidas servidas pelos agentes.

Segundo o defensor público do caso, é necessário que o homem seja extraditado do Estado do Arizona para a capital Washington, pois o “Xamã” tem dieta alimentar bem restritiva e na prisão não tem comida orgânica.

Após audiência no tribunal, a mãe de Angell, explicou a imprensa que o filho fica muito doente se não consumir comida orgânica.

David Gonzales, porta voz dos Marshalls, agência de aplicação da lei e uma unidade de Polícia Federal, disse que a alimentação seria alinhada com as necessidades do detento, que também é apto da teoria da conspiração QAnon, que afirma, sem qualquer fundamento, que Donald Trump está travando uma guerra secreta contra os pedófilos adoradores de Satanás do alto escalão do governo, do mundo empresarial e da imprensa.

 

%d blogueiros gostam disto: