Homem confessa ter tentado assassinar a esposa após ela ganhar R$ 40 milhões em loteria

Homem já tinha histórico de violência em outro relacionamento

Um homem admitiu nesta segunda-feira (13), em um tribunal de Cardiff, no País de Gales, ter tentado matar a facadas a sua esposa, vencedora de um prêmio de 5,5 milhões de libras (cerca de R$ 40 milhões) em loteria britânica, na confortável casa de campo de R$ 5 milhões em que eles viviam em Barry, no mesmo país. O crime ocorreu em 30 de janeiro.

Há três anos, após ganhar a fortuna, Emma Brown, de 49 anos, mudou-se para a residência, localizada na pacata região, com o marido, Stephen Gibbs, de 45, para ter uma vida de conforto e riqueza.

Eles haviam se casado após Stephen ser libertado da prisão onde cumpria pena de seis anos por um outro ataque de ciúme durante briga com uma namorada.

No ocasião, Stephen esfaqueou o filho da namorada, de 11 anos, cinco vezes (quatro nas costas e uma no peito) com uma faca depois que ela lhe disse que pretendia romper o relacionamento.

Stephen e Emma estavam juntos havia 11 anos e tinham acabado de voltar de férias na Península Ibérica, até que ele a atacou com uma faca depois que um acusou o outro de ser infiel, durante uma briga em que os dois estavam embriagados. Inicialmente, Stephen negou que tivesse agredido a mulher.

Emma sobrevive, mas sofreu sérios ferimentos pelo corpo e foi submetida a uma cirurgia plástica em hospital universitário do País de Gales.

Em audiência anterior, testemunhas relataram que episódios de violência eram recorrentes entre o casal.

A sentença deverá ser proferida em 8 de outubro.

Foto: reprodução

Boletim