Guerra do tráfico é motivação para dois casos de homicídio em Betim

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu, na última terça-feira (19), mandado de prisão preventiva contra Alexssander Junio de Araújo, conhecido como “Leca”, de 22 anos, suspeito de assassinar, no dia 11 de junho, David Gabriel Nascimento Santos, 24, em Betim, região metropolitana.

De acordo com o apurado, o suspeito teria provocado uma briga por motivo fútil com a vítima durante uma festa no bairro Icaivera, perseguindo-a até a casa dela e, em seguida, executando-a com diversos disparos de arma de fogo. Em uma segunda investigação, a PCMG realizou a prisão de Josiel Dias da Cunha, conhecido como “ Ziel” ou “Loirinho”, 18 anos; Alessandro dos Santos Cunha, “Gordinho”, 33 anos; Darlan Fagner da Cunha Castro, 28 anos, e Elísio Santos Bragança, também conhecido como “Lizico” ou “Zé”, 56 anos. As prisões foram realizadas entres os dias 21 e 25 de junho.

No dia 21 de janeiro, deste ano (2018), os suspeitos teriam matado Maurício Francisco Ferreira, conhecido como “Nenzim”, depois de um desentendimento a respeito da venda de drogas no bairro Mutirão em Betim. As investigações revelaram que o autor do disparo seria Josiel e que Elisio, apontado como o “patrão” do tráfico de drogas na região, seria o mandante do crime. Outras informações serão fornecidas, nesta terça-feira (26), pelo Delegado Otávio Luiz de Carvalho.

 

Postado originalmente por: Portal MPA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: