Guaidó volta à Venezuela e convoca mobilização para o próximo sábado

Depois de mais de 10 dias viajando pela América do Sul em busca de apoio, o autodeclarado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, retornou ao país, nessa segunda-feira (4), e foi recebido por centenas de pessoas que se aglomeraram no Aeroporto Internacional Simón Bolívar, em Caracas.

 

Guaidó desembarcou de um voo comercial, vindo do Panamá. Havia temor sobre a volta dele ao país pelas ameaças de prisão e ações por parte de autoridades ligadas a Nicolás Maduro.

Atendendo a uma convocação do próprio Guaidó, manifestantes também saíram às ruas por toda a Venezuela, em protesto contra o governo de Maduro. Nas redes sociais, apoiadores do autoproclamado presidente interino postaram imagens das manifestações.

 

Juan Guaidó discursou para os apoiadores e convidou para uma nova mobilização nacional no próximo sábado, dia 9.

 

Ele também agradeceu o apoio internacional que vem recebendo. Entre os países apoiadores de Guaidó estão Argentina, Canadá, Chile, Peru, Equador, Estados Unidos, Alemanha, Espanha, França, Países Baixos, Portugal, Romênia e o Brasil.

Por: Rádio EBC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: