Governo de Minas pagará R$ 750 mil para catadores de recicláveis do Bolsa Reciclagem

O governo irá beneficiar os catadores associados a uma das 70 cooperativas vinculadas ao Bolsa Reciclagem

O governo de Minas Gerais comunicou o pagamento de R$ 750 mil para os catadores de materiais recicláveis vinculados ao programa Bolsa Reciclagem. O valor é referente ao material coletado nos centros urbanos do Estado no primeiro trimestre de 2020.

As 70 associações vinculadas ao programa vão receber créditos que variam de R$ 13 mil para associação que apresentou a menor produção até R$ 52 mil para a maior produtora no ano passado.

A associação que produziu mais neste período foi a Coopert de Itaúna, na região Central de Minas.

Vale ressaltar que o programa é um incentivo financeiro trimestral para as cooperativas e associações de catadores de materiais recicláveis.

Cooperativas ou associações legalmente constituídas há mais de um ano, com cooperados ou associados capazes, que atuem com materiais indicados pelo programa podem participar.

Neste momento, apenas 145 associações inscritas no Bolsa Reciclagem são beneficiadas, devido a pandemia de Covid-19.

Além disso, há previsão de pagamento de mais uma parcela para o mês de março, no valor de R$ 750 mil, referente ao segundo trimestre do ano passado.

 

Anexos para downloads: