Golpistas usam novas estratégias para enganar vítimas pelo WhatsApp

Golpistas estão entrando em grupos de famílias se passando por parentes para pedir dinheiro emprestado pelo WhatsApp. Por esse esquema, integrantes de uma organização criminosa conseguiram mais de R$ 32 mil de uma mesma família.

Os investigados que agiram neste caso, foram alvo de oito mandados de busca e apreensão e três mandados de sequestro de bens e valores, nessa terça-feira, pela operação WhatsApp, realizada pela polícia civil do Distrito Federal.

O delegado Erick Salum, que chefiou a operação, dá detalhes do esquema. Ele explicou que o golpista se passou por parente das vítimas e pediu para entrar no grupo da família.

As apreensões foram feitas em Brasília, Cuiabá e em quatro cidades de São Paulo, onde moram os golpistas que receberam depósitos dos desvios.

As informações são da Agência Brasil.

Foto: Pixabay

Anexos para downloads:

Gabrielle Junqueira

Jornalista com experiência em produção de conteúdo para rádio, televisão, revista, portal de notícias e podcasts.

%d blogueiros gostam disto: