Galo precisa quebrar tabu de 18 anos para ser bicampeão brasileiro hoje

Jogo desta quinta-feira (2) promete ser emocionante para a torcida atleticana

A torcida do Atlético tem a máxima de que “se não é sofrido não é Galo”. Como não poderia deixar de ser diferente essa frase valerá para a partida de hoje contra o Bahia, às 18h, na Fonte Nova, em Salvador (BA).

É que para ser campeão brasileiro já nesta quinta-feira (2), o Atlético precisa vencer o Bahia fora de casa, o que não acontece há 18 anos. A última vitória atleticana contra o Tricolor de Aço em território adversário foi em 2003, por 4 a 2. Desde então, foram nove jogos como visitante sendo, sete empates e duas derrotas. Um tabu de 18 anos que precisa ser quebrado para quebrar outro tabu de 50 anos sem ser campeão brasileiro.

Casagrande exalta o Galo

Durante o programa Arena SporTV, da tarde desta sexta-feira, o comentarista Walter Casagrande elogiou a história do Galo e declarou que o time é muito maior do que a imprensa de fora de Minas Gerais reconhece:

“O Atlético é um clube muito grande no futebol brasileiro, muito mais do que é tratado pela imprensa. É um clube que joguei contra, vi no Mineirão como é enfrentá-lo e o que acontece quando joga em casa. O Galo não foi campeão por muitas vezes por suas falhas, mas também por ter jogador contra grandes times. Em 1980, bateu de frente com o Flamengo, antes de dividir a seleção de 1982 com São Paulo e Flamengo. Faltou um pouco de sorte em alguns momentos, mas nos anos 1970 e 1980 tinham vários times de alto nível. O Galo é muito maior do que a imprensa fora de Minas Gerais reconhece”, declarou o comentarista.

Foto: Pedro Souza/Atlético

Anexos para downloads:

%d blogueiros gostam disto: