Florada dos ipês colore o cenário da cidade durante o seco inverno

 

Todos os anos, do fim de maio até setembro, as flores dos ipês colorem a paisagem monocromática do cerrado, provocada pelo cinza seco do inverno. As diversas espécies florescem em períodos diferentes da estação. O primeiro a dar o ar da graça é o ipê-rosa (também chamado de roxo ou lilás). Também conhecida como piúva, pau-d’arco, piúna, entre outros, a árvore tem três cores características: branca, amarela e roso/roxo/lilás – que no momento é a que mais aparece na cidade.

As árvores florescem durante o inverno e a cena vai até a primavera. O ipê-roxo é o primeiro a florir: de junho a agosto. O ipê-amarelo floresce entre agosto e setembro e o ipê-branco, de setembro a outubro. No Brasil existem doze tipos de ipês com flor em tons de amarelo.

A previsão é que a florada dos ipês-rosa dure ainda cerca de 10 dias, de floração intensa, e aí já começarão a diminuir e aparecer os amarelos. Apesar de ser considerada uma planta típica da região do Brasil Central, o ipê não é exclusivo do cerrado. Existe em todos os biomas brasileiros. No cerrado, algumas espécies são nativas. Em Uberaba existem árvores nativas e plantadas.

As floradas costumam durar uma semana, em média, e variam conforme a concentração de água na atmosfera. Em alguns casos, o período de exuberância pode chegar a até 15 dias. Além da beleza, a espécie ipê ajuda as abelhas e pássaros que precisam do pólen e na dispersão de sementes, o que acaba completando a cadeia ecológica.

Postado originalmente por: JM Online – Uberaba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: