Extinção do corte de água e luz para mais pobres e ajuda a empresas são anunciadas por Zema

Zema fez anúncio que cai como um alívio em meio ao contexto turbulento que Minas Gerais vem passando

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), anunciou na última quinta-feira (18) uma série de medidas para auxiliar financeiramente os mais pobres e os empresários durante a onda roxa da pandemia de coronavírus, fase que impõe restrição de circulação e fechamento do comércio não essencial. Entre elas, está a extinção do corte de luz e de água para consumidores da tarifa social e microempresas.

Zema afirmou que além de não cortar a energia e a água da população consumidora da tarifa social, o atraso nos pagamentos também não irá gerar juros. Ele ainda completou dizendo que a Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais) e a Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais) irão parcelar sem juros os débitos das microempresas.

Ainda de acordo com o governador, visando apoiar os empresários, o governo enviou à Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) uma proposta que garante às empresas que aderirem ao Programa de Recuperação Fiscal (Refis) descontos de até 90% nos juros e multas de suas dívidas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Foto: Gil Leonardi / Imprensa MG

Anexos para downloads:

%d blogueiros gostam disto: