Emissoras mineiras selecionadas para investimento da ABERT/META, tiveram apoio da Sebrae e AMIRT

Programa vai investir quinze mil dólares em rádios e Tvs brasileiras

O programa “Acelerando a Transformação Digital” da Meta (empresa que controla o Facebook, Instagram entre outras) e a Associação Brasileira de emissoras de Rádio e Televisão – ABERT, selecionou 25 emissoras de Rádio e TV no Brasil que vão participar da segunda fase com mentorias e investimento de US$15 mil.

Dentre as selecionadas, 7 emissoras são mineiras, sendo elas: Rádio Onda Poços (Poços de Caldas), Rádio Onda Sul (Carmo do Rio Claro), Sistema MPA de Comunicação (Divinópolis), Rádio Nova Guaranésia 104FM (Guaranésia), Rádio Montanhesa (Viçosa), Rádio Clube de Guaxupé (Guaxupé) e Rádio Clube de Itaúna (Itaúna).

A iniciativa é parte dos investimentos da Meta no valor de mais de US$ 2,6 milhões para apoiar o jornalismo em todo o mundo.

SEBRAE E AMIRT

No segundo semestre de 2021, a Sebrae juntamente com a AMIRT promoveu um encontro de associados onde foi oferecido um programa de capacitação de conteúdos televisivos. Com o objetivo de impulsionar e desenvolver o ecossistema da radiodifusão em Minas, as jornadas também ofereceram conteúdos subsidiários para qualificar a gestão dos negócios.

A iniciativa foi direcionada para gestores de empreendimentos de rádio e TV, atuantes em cidades do interior do estado, de maneira a criar uma rede colaborativa horizontal potencializando as capacidades de cada emissora. Objetiva também capacitar os empreendedores da radiodifusão mineira a atuarem de maneira cooperada, buscando a diversificação da programação e incorporando gêneros que são usuais e universais na cultura da televisão.

Para o jornalista da Rádio Onda Poços e Rádio Onda Sul, Matheus Luis, os conhecimentos repassados durante as jornadas do projeto ‘Capacitação e Articulação – Programa Comunica Minas’ foram de grande relevância, para a seleção do programa da ABERT e META.

“A capacitação que fizemos junto ao Sebrae foi de extrema importância para que pudéssemos apresentar projetos que vão de encontro com o que está sendo proposto pelo programa da META e ABERT. O Sebrae nos deu conhecimento necessário sobre como podemos ampliar a forma de atuação da emissora, saindo do convencional, para alcançar mais ouvintes e leitores no combate à desinformação” disse o comunicador.

Em Divinópolis, a emissora Sistema MPA de Comunicação, também participante do projeto Comunica Minas, utilizaram do espaço para conhecer e conectar iniciativas visando a melhoria da empresa.

“Aproveitamos todo o processo de acompanhamento com o Sebrae, e pedimos para conhecer iniciativas que pudessem nos fazer melhorar cada vez mais. Então chegamos ao projeto Acelerando a transformação digital, aprendemos muito com os webinars e começamos com a mentoria para esse projeto. Parcerias como a do Sebrae são importantíssimas para que a gente esteja sempre evoluindo”, relata a coordenadora do projeto pela MPA, Marina Alves.

O fundador do Laboratório Sócio Criativo, André Martinez, um dos facilitadores do projeto Comunica Minas, elaborou um estudo a partir de entrevistas com rádios e tvs para que fossem oferecidas aos empreendedores melhores formas de expansão do negócio.

“O comunica minas não é um programa de capacitação tradicional, ele tem esse benefício de alguma forma, mas ele foi organizado com uma pesquisa profunda que a gente fez nesse biênio 2020-2021 […], a gente começou fazendo um trabalho com as TV’s educativas em 2020 e em 2021 entrevistamos as rádios. Foram 25 rádios entrevistadas e a partir desse conjunto de entrevistas foi elaborado um estudo que enxerga a diversas dimensões dos negócios.”, destaca Martinez.

Ele também conta que a pesquisa realizada já é considerada “uma dos maiores estudos para TV e para Rádio no momento”. As jornadas com conversas sobre as rádios, tinham como objetivo a ampliação do olhar dos gestores. 

“O projeto visa pela expansão do olhar dos empreendedores, para que eles vejam o que estão fazendo, onde estão fazendo e com o contexto conseguir enxergar ali oportunidades de transformação. Todo esse movimento se reflete agora, no edital da META” aponta o facilitador do projeto. 

 

%d blogueiros gostam disto: