Eduardo Azeredo é condenado a 20 anos e um mês de prisão

O ex-senador e ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo foi condenado a 20 anos e um mês de prisão nesta terça-feira (22), pela 5ª Câmara do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG). Foram cinco votos a zero. Azeredo foi condenado por peculato e lavagem de dinheiro no processo do “mensalão tucano”.

José Cruz / Arquivo Agência Brasil
José Cruz / Arquivo Agência Brasil

No ano passado, Azeredo havia sido condenado por estes crimes em segunda instância. Segundo o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), o tucano participou de um esquema que desviava recursos públicos de estatais mineiras por meio de contratos publicitários. O objetivo, de acordo com o MPMG, era abastecer caixa dois para a campanha à reeleição de Azeredo ao governo de Minas em 1998. Na época, ele perdeu a eleição.

O TJ-MG já havia informado que após o esgotamento de todos os recursos em segunda estância, o mandado de prisão contra Azeredo poderia ser expedido. Além disso, a Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ) de Minas Gerais havia pedido na semana passada a prisão do ex-governador, caso os recursos fossem negados.

O ex-governador poderá ser preso a qualquer momento.

Anexos para downloads:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: