CPI das barragens será presidida pela senadora Rose de Freitas

A senadora Rosa de Freitas (Pode-ES) foi eleita presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado, nesta quarta-feira (13) parar apurar as causas do rompimento da barragem Córrego de Feijão, em Brumadinho, na região Metropolitana de Belo Horizonte.

Além de Rosa, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) compõe a presidência da Comissão, como vice-presidente. A eleição da chapa foi feita após aclamação.

A CPI vai ter até 180 dias para concluir os trabalhos, com um limite de despesas de até R$ 110 mil.

Além de Rosa e Randolfe o colegiado é formado por:

  • Antonio Anastasia (PSDB-MG)
  • Selma Arruda (PSL-MT)
  • Jorge Kajuru (PSB-GO)
  • Wellington Fagundes (PR-MT)
  • Dário Berger (MDB-SC)
  • Márcio Bittar (MDB-AC)
  • Telmário Mota (PROS-RR)
  • Carlos Viana (PSD-MG)

O pedido de criação da CPI foi feito pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Por: Victor Veloso 

Anexos para downloads:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: