Covid-19: Ministério Público recomenda medidas mais restritivas em Poços de Caldas

Após ocupação de 100% dos leitos de UTI, Ministério Público sugeriu reforço de medidas

O prefeito de Poços de Caldas, no Sul de Minas, deve aplicar medidas mais restritivas contra a Covid-19. O pedido foi feito pelo Ministério Público neste domingo (21). A promotora Daniela Vieira de Almeida Trevisan foi quem assinou o documento.

Os leitos de UTI da Santa Casa destinados a pacientes com a doença estão todos ocupados.  Por este motivo, o documento foi encaminhado à prefeitura.

Uma das medidas é a colocação de barreiras sanitárias, conforme a cidade adotou no início da pandemia no ano passado. Além disso, o município deve reforçar o distanciamento social, intensificar a fiscalização e seguir restrições impostas na onda roxa.

A prefeitura deve acolher as propostas e enviar providências adotadas em até 24 horas para o Ministério Público.

 

Anexos para downloads:

%d blogueiros gostam disto: